Abunda pena no carnaval 2011

on domingo, 6 de março de 2011


O Faisão e suas luxuosas penas

Há quem diga que as penas usadas nos desfiles são coletadas quando caem das aves. Mas a Agência de Notícias de Direitos Animais adverte: 

"As aves que são exploradas nesse ramo da vaidade fútil humana têm suas penas arrancadas a sangue frio, sem piedade ou escrúpulo, safra após safra. Uma tortura durante toda a sua vida, sem nenhuma justificativa, pois atualmente existem artefatos sintéticos que podem substituir os produtos animais das fantasias, sem que nenhuma crueldade seja imposta a nenhum ser". 

A matéria, publicada em 04/03/2011, aponta um destaque da Portela que vai desfilar 3 mil penas de faisão no sambódromo do Rio (foto). 

A exuberância dói na ave e no bolso

Na cobertura dita Globeleza foi informado que os preços variam de R$ 15,00 a R$ 40,00 por cada pena de faisão - dependendo do tamanho. Mas quem consultar o Google encontra gente pagando, sem dó, entre R$ 120,00 e R$ 150,00 cada pena - dependendo do faisão.

Carnaval 2011

 

A fantasia da rainha de bateria da Unidos do Peruche Caroline Bittencourt, avaliada em R$ 105 mil, tem 700 penas de faisão albino e 3 mil cristais Swarovski. Detalhe: Toda banhada a ouro.

A musa da Águia de Ouro Cinthia Poderosa exibiu 300 penas de faisão aplicadas numa armadura de ouro 18 quilates. Questionada sobre comoção em relação às aves:  

"Eu não. Nasce de novo". 
Fonte: G1


Mais penas em fantasias excêntricas:

http://carnaval.ig.com.br/saopaulo/fantasias+sao+show+a+parte+no+anhembi/n1238138808326.html 


07/03/2011
Voltei ao post hoje para incluir esse lixo que chamam de luxo:


Como uma mulher, em sã consciência, pode se sentir bela exibindo esse show de horrores, gente? Tem que arrancar na pinça pêlo por pêlo - da cabeça aos pés - dessas malucas. Não tem problema porque depois nasce tudo de novo. Ah, fala sério! O maior espetáculo da terra desfilando essa covardia! Essa matéria que acabei de linkar diz ainda que as penas de faisão são as mais concorridas da atualidade. O carnaval é lindo, mas, essa vaidade estúpida é uma vergonha nacional. 

Só nesta pequena postagem há 9 mil penas de faisão arrancadas. A pergunta que não quer calar: Com quantos faisões se faz uma fantasia? Aqui neste post são 9 mil gestos de tortura contabilizados. Só aqui neste pequenino espaço, muito longe de todo esse vasto cenário carnavalesco que concorre por penas sem dó.

Para quem acha que as penas não são arrancadas, o cúmulo do absurdo está publicado no Estadão de fevereiro de 2009:

Fantasias das rainhas de bateria podem custar R$ 45 mil
" (...) Cada pena custa R$ 150. Ou seja, só com faisões são mais de R$ 35 mil. "Mas comprando lá em Nova York sai mais baratinho", explica Barzellai. Estilistas e musas de primeira linha não usam penas artificiais. Jamais. Mas, jura Barzellai, os faisões não precisam ser abatidos para enfeitar fantasias. "É preciso esperar oito anos até a pena chegar ao tamanho de 1,70 metro. Ela então é arrancada e já vai brotando outra." Mas será que o animal sofre? "Acho que dói, mas, sei lá, podem passar uma xilocaína.(...)" .

No blog Boteco Móvel, o Tiozão publicou o artigo Planeta Galinheiro. Vale a pena conferir! 



7 comentários:

Sissym disse...

Puxa... que crueldade.... assim como entopem os gansos para obterem o patê.... fazem cada coisa terrivel com os animais. Creio que os verdadeiros animais são os do genero "humanos".

Beijos

mundo virtual disse...

Meu Deus que tortura para esses animais,suas penas arrancadas a sangue frio essa é demais eu também acho um desperdício de dinheiro com uso de jóias nessas fantasias,realmente ficam lindas,nas é um desperdício total,esquecem das alternativas que existem,pra mim isso é querer mostrar poder,por isso e por outros motivos eu acho na minha opinião que o carnaval está perdendo seu brilho!!!
valeuuuuuuu..
abçsss!

Assi Sales disse...

Kkkkk... Luciana, antes de ver o seu recado em maiúsculas, eu já havia escolhido a foto que você recomendou, pela dualidade do título do post. Afinal, "malícia" é o meu sobrenome. Rsrsrs

Tiozão das Batidas disse...

Algumas galináceas com problemas hereditários nascem sem penas. Para que levem uma vida normal em toda a sua penitude, digo , plenitude , têm que recorrer à artifícios para simularem um exuberante plumeiro de penas arrancadas à sangue frio de outras aves. Além de uma atroz crueldade, isso me parece um tremendo desperdício. Essa moça da foto acha mesmo que alguém tá prestando atenção nas penas ?!

R149 3o75s disse...

Pena das bundas,rs! Desculpa, Lu, mas apesar de todo glamour, foi o que me veio na cabeça, então falei..

Muito bonito eççes treco aí,maaasss,dá licença, tô indo ali...

E,por falar em "falar" kdê tu, guria?...

terezab disse...

Oi Lu...
Essas fantasias usando penas sempre me incomodou, lembro que anos atrás uma escola fez seus adereços de palha e similares coloridos, ficou lindo.
Infelizmente a dor dos animais não provoca piedade nesse povo carnavalesco, assim como a dor dos potros e bezerros não causa pena nas gineteadas do Rio Grande...
Infelizmente.
abração carinhoso

lucidreira disse...

E como abunda! Pena que não sabemos de onde elas vem.
Desculpas pela demora na interação, foi puro problema técnico.
Abraço

Postar um comentário

POR FAVOR, INFORME O SEU WEBSITE OU E-MAIL, NOME OU APELIDO E COMO CHEGOU AO BLOG. OBRIGADA!

Você já é um BB? Inscrições abertas!

......................................................


Blogueiros do Brasil

Amigos do Gostos e desgostos no Facebook

Amigos do Blog Gostos e desgostos