Terceiro sexo é invenção de homofóbicos

on quinta-feira, 9 de junho de 2011

Eu sei que muitos amigos e leitores deste blog vão discordar do meu pensamento. E, obviamente, não faço oposição aos que desejarem comentar este post com idéias diferentes das minhas. 

Pesquisando no Google, encontrei análises que acusam a Bíblia de ser um livro homofóbico. Em contrapartida, Frei Betto, religioso e ativista contra a pobreza, defende gays com a própria Bíblia

O meu ponto de partida é sempre o Amor ao próximo. O que me conduz ao dispensar iras e maledicências.  Não tenho a pretensão de me isentar da imperfeição e do pecado. Tampouco questionar a Palavra de Deus. 

Na minha compreensão, o terceiro sexo é invenção de homofóbicos. E homofobia, por definição, é preconceito contra homossexuais - podendo levar ao ódio. Se homofobia ou homossexualismo é pecado, não me cabe decidir. Mas, na minha imperfeição de mais uma pecadora desse mundão de Deus, eu faço o possível para não julgar, inclusive,  quem acredita que homossexualismo é incorreto. O que não me impede de pensar diferente.

Penso que um homem não deixa de ser macho porque prefere se relacionar afetivamente com outro macho. E o mesmo vale para o sexo feminino. O que, no meu ponto de vista, exclui a existência de um terceiro sexo. Há machos e fêmeas, independente de como vivem. De coração, eu não vejo nada errado em ser homossexual. 

Acho triste saber que algumas pessoas lutam contra a própria natureza para se encaixar na sociedade. Triste porque não discuto a ordem natural. Eu sou naturalmente heterossexual. Perceba que não sou, naturalmente, hetero.  Mas, naturalmente, pelo que escrevi até aqui, é evidente que não dou força para quaisquer tipos de preconceitos. Mesmo que preconceito não seja claramente pecado e possa ser considerado naturalmente imperfeito.

Eu não gostaria de ser radical, porém, na minha imperfeição de pecadora, eu acredito que até mesmo o debate em torno do assunto é uma ação preconceituosa. Ninguém gosta de ter a sua vida pessoal devassada e os homossexuais não devem ser tratados como #gentediferenciada. Debater o tema, infelizmente, acaba gerando uma confusão das mais intoleráveis: Muita gente interpreta os gays como necessariamente promíscuos. E promiscuidade, por definição, é uma mistura desordenada, logo, escapa do natural.


11 comentários:

Nina disse...

Olá!
Gostei muito de seu texto, expressando sua opinião sobre o que tanto é discutido atualmente.
Apesar de ter uma opinião, em parte, oposta a sua, eu concordo quando você diz que não está sendo discutido uma criação de um "terceiro sexo".
E ainda acrescento que, na minha opinião, independente da escolha afetiva dos homossexuais, o que eles querem já está na Lei. Eles são cidadãos como qualquer um. Por isso acredito que esse tipo de assunto não precisa ser discutido. Isso só expõe mais a vida de cada um.

Para não prolongar, eu também escrevi minha opinião no meu blog. Se quiser conferir, terei o maior prazer em receber sua visita por lá. O link do texto é http://assuntosdenina.blogspot.com/2011/05/sera-mesmo.html

Sempre que puder, estarei lendo seus textos. Gostei da sua maneira de se expressar.

Abraço da NINA

Lu Vaz disse...

Olá, Nina! Sem dúvida, eu vou conferir a sua postagem e deixar as minhas impressões. É um enorme prazer receber a sua visita por aqui. Um super beijo da Lu.

Valéria Braz disse...

Oi Luciana... que bom que está por aqui novamente, eu pelo menos só vi hoje! Heheheheh, desligada né?!
Olha amiga, eu detesto qualquer tipo de discriminaçãocom aquilo que mau nenhum causa a sociedade. Pra mim o único "pré - conceito" válido é quando vemos pessoas (de qualquer nível social) roubando e tomando decisões que nos prejudicam profundamente e nada fazemos.
Beijo no coração

Jackie Freitas disse...

Oi Lu, minha querida!
Bem, esse assunto já causou tantas discussões e divergências no dihitt... Isso, óbvio, porque ao tentarem defender seus pontos de vista, as pessoas acabam perdendo o foco principal e perdem suas razões. Na verdade, penso como você, discutir o assunto em si já é um tipo de ato preconceituoso, entretanto é bom tentarmos apaziguar os ânimos e mostrar a todos que o mundo é enorme, com espaço suficiente para cada um agir dentro das suas vontades ou (usando um termo mais religioso) livre arbítrio...
Já mencionei em comentários anteriores que conheço pessoas que se mostram "politicamente corretas" que são muito mais duvidosas em conduta de caráter do que muitos homossexuais que pagam suas contas, trabalham e não prejudicam ninguém!
Enfim...a discussão é longa e se formos dar pano pra manga, não acabará nunca!
Grande beijo, minha linda!
Jackie

outroladodasnotícias disse...

Acho que você está fazendo um genero simpático aos radicais que se dizem minoria oprimida.
Eu ainda sou do tempo em que as pessoas deviam ser respeitadas apenas pelo pato de serem... "Pessoas".
Se continuar nesse pensamento teremos classes da socieade em condições muit piores do que nos conta a história.
Parem com essa bobagem de discriminação. Gente é Gente e, por isso merece respeito.
De que improta se a pessoa é branca, amarela, azul, verde, hetero ou de outra preferência sexual.
Nada disso importa.
O que importa é acabar com a palhaçada de criar Leis e verbas públicas para atender diferenças que nunca deveriam existir.

Marcela disse...

Muito bom seu texto. O ser humano tem necessidade de rotular, de nomear tudo, e tem coisas que não vão se encaixar em nada já existente. Mtas coisas funcionam assim...faz parte do tempo que passa, da modernidade que anda tão depressa que não dá tempo de "catalogar" tantas novidades. Ter uma opção sexual que difere da maioria é um direito. Assim como vc defendo o amor e a liberdade, portanto para mim é tudo tão natural que não mereceria esse estardalhaço todo. Mas, convenhamos que se alguem não levantasse a bandeira, mtos homossexuais continuariam sendo vilmente descriminados e desrespeitados como aconteceu até então.

HERIBREI disse...

E O QUE VC ACHA SOBRE A VOLTA DE JESUS...ARREBATAMENTO DA IGREJA......E DA CRIACAO DO HOMEM E DA MULHER COMO DEUS CRIOU...REALMENTE N AO 3 SEXOS...SO HOMEM -MULHER...MACHO E FEMEA....BOI E VACA. GALO E GALINHA.....OVELHAS E CABRITOS....JA PENSOU SE FOSSE 3 SEXOS QUE CONFUSAO NO REINO ANIMAL?
E AGORA IMAGINA, UMA CRIANCA...CRESCER E VER MAIS TARDE QUE NASCEU DE UM UTERO DE UMA MLUHER, MAS VAI VER DENTRO DE SUA CASA 2 BIGODUDOS SE LAMBENDO OU DUAS LESBICAS FAZENDO AMOR.......NAO É DE CORTAR O CORACAO?
PORQE NAO FAZEM UM DEBATE COM AS CRIANCAS JA QUE OS ADULTOS PERDERAM TDO...CARATER....DESCENCIA E AMOR A DEUS....E AS CRIANCAS....É A VOLTA DE JESUS

ABRACAO

Gisavasfi disse...

Lu, vou colocar aqui parte de um comentario que fiz em uma noticia sobre a adoção de crianças por casais gays.
Não sou a favor do homossexualismo, mas sou a favor de se respeitar o livre-arbitrio de quem quer que seja. Afinal a opção sexual de cada um não caça os direitos civis individuais e inalienáveis. E também não acho que exista o terceiro sexo.

Quando eu me posiciono contra a pl 122, por exemplo, estou sendo contra a cassação dos meus direitos civis inalienaveis de pensar e externar os meus pensamentos, porque é isso que o texto da pl 122 prega.
Vejo, nos defensores da pl 122, a mesma violencia e preconceito em relação aos que pensam diferente deles, que eles veem nos seu opositores (e que eu também vejo). E é contra este preconceito e violencia que luto.

Mas, não há como negar que TODOS tem direitos civis, que devem SEMPRE ser respeitados.
Rotular, perseguir, discriminar são ações que devem se combatidas em todo tempo, sejam quais forem as vítimas destes atos.

O mais importante é fazer um exercicio de cidadania diaria, com bom senso, civilidade e paz. Não há porque (ou pelo menos não deveria haver porque) qualquer grupo se exaltar para defender seus direitos.
Até porque, onde há muito barulho ninguém se entende e não há como se chegar a um acordo.

Discordar é salutar, desde que haja respeito pelos direitos dos outros, sem exceção.
Bjs.

English tips (blog) disse...

A igreja Católica como também outras igrejas sérias jamais irão aceitar a relação homo, do ponto de vista da lei dos homens não há o que contestar foi aprovado cabe a sociedade respeitar e tolerar. Não há por que odiar ninguém por suas preferencias sexuais, cada um deva seguir o que bem entende e respeito é bom e serve tanto para hétero quanto para homo. Vamos amar o próximo de maneira respeitosa e amigável, conviver com as ditas "diferenças" e que sejam devidamente penalizados quem agir de forma desrespeitosas contra quem quer que seja. Outra coisa, sou guia de turismo, hétero mais o que mais se ver principalmente nos Europeus é casais homo e como em toda profissão a discriminação é algo nojento e que não deve ser seguida por ninguém. Quero humildemente convidar seus leitores, héteros, homos, bi-sexuais, trans, de todos os credos para visitar meu blog Educativo.

Lu Vaz disse...

Olá, Heribrei! É como eu disse no texto: Há uma enorme diferença entre homossexualismo e promiscuidade. Fui criada por um homem e uma mulher, meus pais. Jamais os vi se lambendo ou fazendo amor. Não acho que crianças devam ser criadas por promíscuos. Mas podem perfeitamente ser criadas por gays. Ou pq são gays vão convidar as crianças para as intimidades do quarto? Quem pratica sexo com criança é monstro, mal caráter, promíscuo, etc, podendo ser hetero ou gay. E tem um monte de mãe hetero por aí jogando criança no lixo. Lugar de criança não é no lixo, mas, pode ser num respeitoso lar gay. Essa é a minha opinião. Obrigada por comentar. Beijos da Lu.

Lu Vaz disse...

Sejam todos vocês sempre muito bem-vindos. É uma alegria receber os seus comentários. Um beijo muito carinhoso a todos os amigos que estão visitando o blog Gostos e desgostos e participando com suas opiniões. Beijos da Lu.

Postar um comentário

POR FAVOR, INFORME O SEU WEBSITE OU E-MAIL, NOME OU APELIDO E COMO CHEGOU AO BLOG. OBRIGADA!

Você já é um BB? Inscrições abertas!

......................................................


Blogueiros do Brasil

Amigos do Gostos e desgostos no Facebook

Amigos do Blog Gostos e desgostos