As forças ocultas da democracia

on domingo, 26 de setembro de 2010


O caso do vazamento das informações fiscais de filha e genro do candidato José Serra não passou de um acusa daqui, defende de lá, investiga acolá. A parte que não entendi foi: Qual o sigilo? Para que foi quebrado? O tucano tentou fazer o papel de pobre vítima indefesa. Colando ou não, afinal, o sigilo quebrado foi revelado?                      

E a Dilma nessa história toda? De repente ela até pode levar essa eleição no primeiro turno. Não se pode afirmar que vai confiscar as poupanças, mas, partindo do princípio que ela pega carona nos anais do Lula e não do Collor, apesar das alianças do PT, enfim, a política é uma caixinha de surpresas. 

Fato mesmo é que há 73 candidatos cadastrados no www.fichalimpa.org.br. Eu escolhi “Marinar”, mas, verdade seja dita, entre os presidenciáveis, somente Plínio de Arruda Sampaio, do PSOL, não está fazendo da sua ficha algo obscuro.  Pois quem se baseia nas pesquisas há de dizer: E daí? Ele não vai ganhar mesmo. 

Número por número, exata é a realidade. Temos o direito de saber em quem vamos votar e o dever de eleger 513 deputados federais. Mas só 59 candidatos ao congresso liberaram as informações. A maioria prefere manter a sua ficha privada, digamos assim. A conta não bate e o eleitor tem nas mãos o poder. Pode confirmar a transparência da sacanagem, pode preferir apertar o branco, pode optar por digitar um fantasma para anular, pode escolher o risco de precisar corrigir na próxima eleição. A vantagem é não ser obrigado a contar pra ninguém. Porque o voto é secreto.

Já o “doutor” Paulo Maluf ser ficha absolutamente imunda, convenhamos, não é mistério. Ainda assim, ele teve a capacidade de afirmar em campanha que São Paulo sem Maluf seria como “carro sem estrada, circo sem palhaço, Buchecha sem Claudinho”, enfim, resumidamente isso. É pra rir ou pra chorar? Pergunto isso porque Paulo Salim Maluf é foragido da Interpol em mais de 180 países, mas, aqui no Brasil, ao invés de prenderem o ladrão foram decidir se ele poderia ser candidato ao cargo de deputado federal. 

É ou não é pra ficar tiririca da vida? Ops! Por falar em Tiririca, quais são os requisitos básicos para ser candidato? Será que as funções do cargo pretendido são informações confidenciais que só se descobre depois de eleito? E ainda tem candidata pedindo aos eleitores que votem com prazer! O meu suplício é ter relaxado e gozado a vida o suficiente para decidir em quem não votar. E só.

5 comentários:

Roniel A. Julio disse...

Amiga Luciana,
Primeiramente, quero dizer que é muito bom poder retornar ao seu Blog e poder ler uma matéria tão bem escrita.
Em matéria de política minha cara amiga, devo confessar que estou muito descontente, e que talvez, pela primeira vez na vida, eu não vote em ninguém.
Parabéns pela excelente postagem.
Grande Abraço.
Roni.

Jorge Alberto disse...

Retwittei. :)

Abraços.

Leh disse...

Oi, Luciana!

Seu post traz bem o que a maioria pensa desta eleição!
Está vergonhosa!
Não sei como certos candidatos alcancem percentual alto, uma vez que as pessoas com quem tenho contato não votarão neles.
A verdade é que o povo quer tudo de mão beijada, bolsa fome, bolsa esmola, educação não elege ninguém.
E tampouco procuram saber da vida de seus candidatos.

Beijos, amiga!

Iúri disse...

Olá Lu,

Realmente esse papo de sigilo foi bem esquisito. E o pior, na época do governo do José "cara de vampiro" Serra, também houve uma violação de sigilo na empresa que a filha dele é dona. Disso ele não fala :)

Recentemente escrevi sobre os boatos por e-mail, que crescem muito nessa época de eleição. Vamos ver se a maioria dos brasileiros vota consciente, para mudarmos essa realidade.

Ótimo texto, parabéns!
Um abraço.

Jackie Freitas disse...

Olá Lu querida!
Claro que eu tinha que passar aqui para te visitar! Seus textos são imperdíveis! Amiga, desde que começou esse corre corre eleitoral, esse despejo de sujeiras para todos os lados, optei for ficar na minha...apenas observando. Não participo de blogs focados em política e nem de textos que falem do mesmo. No seu caso, aqui, manterei a minha postura, apenas dizendo que a sua crítica é de um nível elevado e humorístico (que me agrada muito), então, me junto à você para lamentar... Relaxar e gozar é para eles, lá. Nós continuaremos nesse círculo vicioso que é a política no nosso país.
Grande beijo, amiga querida. Adoro estar aqui!
Jackie

Postar um comentário

POR FAVOR, INFORME O SEU WEBSITE OU E-MAIL, NOME OU APELIDO E COMO CHEGOU AO BLOG. OBRIGADA!

Você já é um BB? Inscrições abertas!

......................................................


Blogueiros do Brasil

Amigos do Gostos e desgostos no Facebook

Amigos do Blog Gostos e desgostos